Unidade da Framatome de Romans-sur-Isère: grande mobilização dos profissionais da Onet durante a crise sanitária

Altamente qualificados, os profissionais da Onet de Romans-sur-Isère souberam se adaptar às necessidades do nosso tradicional cliente, a Framatome, em um período de desafios sanitários complexos.

Framatome, um cliente tradicional da filial de Romans-sur-Isère

Fabricante de caldeiras nucleares e fornecedor de equipamentos, serviços e combustível de alto desempenho para a indústria de defesa, a Framatome é um cliente tradicional da Onet. Essa é uma relação que já dura vários anos, com uma participação de destaque da filial de Romans-sur-Isère.

Uma unidade, três atividades de fabricação de combustíveis e componentes

Na unidade de Romans-sur-Isère, a Framatome se dedica à fabricação de combustível para reatores de geração de energia e para reatores de pesquisa à base de urânio enriquecido. 
Há vários anos, o local conta com a atuação da filial da Onet de Romans, especializada na prestação de serviços de limpeza e desinfecção de usinas hidrelétricas, térmicas e nucleares.

A atuação de profissionais altamente qualificados da Onet, antes mesmo da crise sanitária

A área de Limpeza e Serviços da Onet conta com 30 profissionais no local: 15 deles são do setor terciário e atuam fora da área controlada, enquanto os outros 15 atuam na área controlada em regime de 2×8 horas, 7 dias por semana.
Bastante específico, o setor nuclear requer domínio total das atividades, particularmente daquelas que envolvem a desinfecção – eficaz e cuidadosa – dos contaminantes.

Como as equipes souberam se adaptar durante a crise sanitária

Redefinição dos serviços prestados: a criação de uma equipe dedicada à desinfecção

Para manter as atividades terciárias e industriais da unidade site durante a pandemia da COVID-19, o cliente precisou que as equipes de adaptassem, levando a uma redefinição dos serviços de limpeza e descontaminação habitualmente prestados. 

Dessa forma, foi criada uma equipe dedicada de 10 profissionais que, desde as 5:00 da manhã, fazem a descontaminação de todos os pontos de contato da entrada do local, e que depois, ao longo do dia, se dedicam ao restante das instalações. Mesmo acostumados aos processos de desinfecção do local, os profissionais tiveram que lidar com uma nova forma de prestação de serviços: a desinfecção de um agente infeccioso em vez de um contaminante. Assim, eles souberam se adaptar, redefinindo as suas atividades para cumprir um grande desafio: a proteção de todos.

Uma organização de trabalho ágil: entre reuniões diárias e plantões

Além de atenção redobrada, este momento de crise sanitária exigiu organização extra em relação às medidas que seriam implementadas, que foram reajustadas e reavaliadas ao longo do tempo. 

Todas as manhãs, discutíamos o que poderia ser feito para que pudéssemos nos antecipar e nos readaptar a novas necessidades, disponibilidade de estoques, etc. Essa foi também uma oportunidade para nos tranquilizarmos e permanecermos unidos durante esta situação até então inédita”, explica Davy Colella, diretor da filial de Limpeza e Serviços da Onet de Romans-sur-Isère. Também foi definido um esquema de plantão para garantir uma intervenção rápida e eficaz, se surgisse algum caso entre os funcionários que atuam no local.

Além disso, a filial também conseguiu atender ao cliente por meio do fornecimento de desinfetantes da Prodim, distribuidora de produtos e equipamentos de higiene profissional ligada ao Grupo Onet, o que acabou sendo um grande ponto positivo: “Conseguimos garantir ao nosso cliente o acesso a todos os materiais necessários para a manutenção do local, como géis hidroalcoólicos”, complementa Davy Colella.

Ajuda mútua e grande apoio da Onet

“Eu tive muito apoio do Grupo Onet para enfrentar este contexto tão particular. A gestão regional também foi importantíssima, fazendo revisões regulares. Além disso, pudemos compartilhar nossas melhores práticas entre os diretores da filial”, afirma Davy Colella.

A criação de um grupo de comunicação entres os gestores locais, por exemplo, permitiu compartilhar informações e solucionar alguns problemas de estoque. “O apoio da direção da Onet ilustra perfeitamente a consciência de que as equipes de limpeza são um elo essencial na cadeia produtiva”, conclui Davy Colella.

E hoje? 

Atualmente, os plantões, o uso de máscaras e as demais precauções de desinfecção são medidas já implementadas. Uma equipe menor continua fazendo a desinfecção dos pontos de contato. Os funcionários que estavam trabalhando remotamente estão pouco a pouco retornando ao local, e os escritórios são limpos diariamente.