A Onet se une ao navegador Fabrice Amedeo

O grupo Onet assinou uma parceria de 3 anos para apoiar o projeto de Fabrice Amedeo. Em nome da preservação dos oceanos e do planeta, Fabrice colocou o seu barco da classe Imoca a serviço da comunidade científica internacional.

 

A Onet financiou o sensor de poluição a bordo do barco de corrida do famoso navegador.

O projeto científico

Após a sua participação na regata Vendée Globe, em 2017, Fabrice Amedeo percebeu que navegar não era suficiente: ele queria dar um sentido maior ao seu projeto esportivo.

 

O capitão, que navega em regiões do mundo onde as expedições científicas têm pouco acesso, decidiu colocar o seu barco de corrida à disposição da comunidade científica internacional.

 

Com apoio da Onet, ele instalou em seu barco um sensor oceanográfico que permite coletar dados do mar. Essas informações ajudam os cientistas a compreender melhor o impacto e as consequências do aquecimento climático e dos gases do efeito estufa nos oceanos.

O sensor oceanográfico 

Esse sensor, composto de vários módulos, é capaz de recolher dados sobre a salinidade da água, sua taxa de CO2 e seu teor de fitoplâncton. As informações inéditas – coletadas em lugares onde os barcos científicos passam uma vez a cada 10 anos, – ficam à disposição de institutos de pesquisa, como o Ifremer. Dessa forma, as instituições têm mais dados à disposição para pesquisar as mudanças climáticas. Essas análises científicas ajudarão a criar um modelo para analisar a evolução do clima e estudar o nível de poluição dos oceanos, com o objetivo de preservar a biodiversidade e combater o declínio do nosso ecossistema.

 

Depois de testar a eficácia do primeiro sensor oceanográfico e validar os dados coletados junto aos parceiros científicos, o navegador decidiu instalar um segundo sensor. Esse novo dispositivo consegue medir e coletar os microplásticos presentes no oceano durante a regata Vendée Globe, algo importante principalmente nos mares do Sul, aos quais a comunidade científica tem acesso uma vez a cada década.

 

O dispositivo tem o formato de uma grande caixa e conta com três filtros para a coleta diária de microplásticos de diferentes tamanhos ao longo da regata, desde que as condições meteorológicas permitam.

Qual o propósito dessa parceria?

A Onet aposta nessa parceria para dar continuidade à sua política de desenvolvimento responsável.

 

O grupo tem três compromissos principais:

  • privilegiar técnicas, métodos e equipamentos que favoreçam a economia de recursos e o respeito à biodiversidade;
  • produzir serviços que favoreçam a economia circular;
  • desenvolver atividades que contribuam para a utilização de energia com baixa emissão de carbono.

« A Onet lançou a sua política de RSE, ‘Um presente para o futuro’, em 2002. Hoje em dia, trabalhamos em diversos projetos baseados na economia circular e na preservação da saúde de todos os nossos clientes e colaboradores. Para a Onet, isso se traduz na substituição de produtos comuns por versões ecológicas e de biotecnologia, além da reutilização de embalagens plásticas. Isso contribui para a diminuição de resíduos lançados na natureza e principalmente nos oceanos. Além de empolgar imediatamente a todos na empresa, o projeto científico de Fabrice se alinha ao nosso objetivo de proteger a humanidade e o meio ambiente ».

Émilie de Lombarès, Presidente da diretoria da Onet S/A

Saiba mais sobre Fabrice Amedeo

Jornalista navegador? Navegador jornalista? Fabrice Amedeo decidiu abrir mão dessa escolha, que reúne duas das suas mais antigas paixões. Mesmo assim, o chamado do mar tem falado mais alto nos últimos anos, levando-o a passar mais tempo nos oceanos do que na redação do jornal Le Figaro.

Na disputa das regatas ‘Route du Rhum-Destination Guadalupe’ e ‘Transat Jacques Vabre’ – primeiro na classe 40 e depois na Imoca – Fabrice traçou seu caminho com dedicação e trabalho, até escalar seu Everest pessoal no inverno passado. Após ficar em 11º lugar na regata Vendée Globe 2016-17, ele entrou para o seleto clube dos circunavegadores, despertando o respeito da comunidade e atraindo diversas pessoas para o seu sonho de infância.

Em 2019, ele disputou a sua quarta ‘Transat Jacques Vabre’ – dessa vez em duplas, com Eric Peron, a bordo do barco ‘Newrest – Art & Fenêtres’ –, sempre em busca de uma performance ainda melhor.

Siga Fabrice Amedeo no Twitter

Siga Fabrice Amedeo no Instagram