A Onet se une ao navegador Fabrice Amedeo

O grupo Onet assinou uma parceria de 3 anos para apoiar o projeto de Fabrice Amedeo. Em nome da preservação dos oceanos e do planeta, Fabrice colocou o seu barco da classe Imoca a serviço da comunidade científica internacional.

 

A Onet financiou o sensor de poluição a bordo do barco de corrida do famoso navegador.

O projeto científico

Após a sua participação na regata Vendée Globe, em 2017, Fabrice Amedeo percebeu que navegar não era suficiente: ele queria dar um sentido maior ao seu projeto esportivo.

 

O capitão, que navega em regiões do mundo onde as expedições científicas têm pouco acesso, decidiu colocar o seu barco de corrida à disposição da comunidade científica internacional.

 

Com apoio da Onet, ele instalou em seu barco um sensor oceanográfico que permite coletar dados do mar. Essas informações ajudam os cientistas a compreender melhor o impacto e as consequências do aquecimento climático e dos gases do efeito estufa nos oceanos.

O sensor oceanográfico 

Esse sensor, composto de vários módulos, é capaz de recolher dados sobre a salinidade da água, sua taxa de CO2 e seu teor de fitoplâncton. As informações inéditas – coletadas em lugares onde os barcos científicos passam uma vez a cada 10 anos, – ficam à disposição de institutos de pesquisa, como o Ifremer. Dessa forma, as instituições têm mais dados à disposição para pesquisar as mudanças climáticas. Essas análises científicas ajudarão a criar um modelo para analisar a evolução do clima e estudar o nível de poluição dos oceanos, com o objetivo de preservar a biodiversidade e combater o declínio do nosso ecossistema.

 

Depois de testar a eficácia do primeiro sensor oceanográfico e validar os dados coletados junto aos parceiros científicos, o navegador decidiu instalar um segundo sensor. Esse novo dispositivo consegue medir e coletar os microplásticos presentes no oceano durante a regata Vendée Globe, algo importante principalmente nos mares do Sul, aos quais a comunidade científica tem acesso uma vez a cada década.

 

O dispositivo tem o formato de uma grande caixa e conta com três filtros para a coleta diária de microplásticos de diferentes tamanhos ao longo da regata, desde que as condições meteorológicas permitam.

Qual o propósito dessa parceria?

A Onet aposta nessa parceria para dar continuidade à sua política de desenvolvimento responsável.

 

O grupo tem três compromissos principais:

  • privilegiar técnicas, métodos e equipamentos que favoreçam a economia de recursos e o respeito à biodiversidade;
  • produzir serviços que favoreçam a economia circular;
  • desenvolver atividades que contribuam para a utilização de energia com baixa emissão de carbono.

« A Onet lançou a sua política de RSE, ‘Um presente para o futuro’, em 2002. Hoje em dia, trabalhamos em diversos projetos baseados na economia circular e na preservação da saúde de todos os nossos clientes e colaboradores. Para a Onet, isso se traduz na substituição de produtos comuns por versões ecológicas e de biotecnologia, além da reutilização de embalagens plásticas. Isso contribui para a diminuição de resíduos lançados na natureza e principalmente nos oceanos. Além de empolgar imediatamente a todos na empresa, o projeto científico de Fabrice se alinha ao nosso objetivo de proteger a humanidade e o meio ambiente ».

Fabrice Amédéo et Onet

Saiba mais sobre Fabrice Amedeo

Jornalista navegador? Navegador jornalista? Fabrice Amedeo decidiu abrir mão dessa escolha, que reúne duas das suas mais antigas paixões. Mesmo assim, o chamado do mar tem falado mais alto nos últimos anos, levando-o a passar mais tempo nos oceanos do que na redação do jornal Le Figaro.

Na disputa das regatas ‘Route du Rhum-Destination Guadalupe’ e ‘Transat Jacques Vabre’ – primeiro na classe 40 e depois na Imoca – Fabrice traçou seu caminho com dedicação e trabalho, até escalar seu Everest pessoal no inverno passado. Após ficar em 11º lugar na regata Vendée Globe 2016-17, ele entrou para o seleto clube dos circunavegadores, despertando o respeito da comunidade e atraindo diversas pessoas para o seu sonho de infância.

Em 2019, ele disputou a sua quarta ‘Transat Jacques Vabre’ – dessa vez em duplas, com Eric Peron, a bordo do barco ‘Newrest – Art & Fenêtres’ –, sempre em busca de uma performance ainda melhor.

Siga Fabrice Amedeo no Twitter

Siga Fabrice Amedeo no Instagram